PLENÁRIA ESTATUTÁRIA DA FENASPS

4 12 2009

De 11 a 13 de dezembro será realizada em Brasília a Plenária Nacional Ampliada Estatutária da Fenasps. Na pauta serão discutidos os seguintes assuntos: 1) Análise de Conjuntura; 2) Reorganização da Classe Trabalhadora; 3) Plano de Lutas; 4) Reestruturação de Carreiras X Avaliação de Desempenho – consequências para os trabalhadores; 5) Saúde do Trabalhador – assédio moral; 6) XIV Confenasps; e 7) Alterações Estatutárias.

Anúncios




30 11 2009

Charge de "O Globo"





30 11 2009

Charge de "Prosa e Política"





26 11 2009





25 11 2009





MPS A SERVIÇO DA ELEIÇÃO DE PIMENTEL

23 11 2009

Adivinhem onde foi inaugurada a primeira Agência do PEX (Plano de Expansão da Rede de Atendimento)? Acertou quem disse Ceará, o curral do Coronel Pimentel. A direita tradicional ensinou o PT como utilizar a máquina pública em proveito próprio.

Não somos contrários à ampliação da rede de atendimento do INSS, mas as novas unidades, por mais modernas que sejam não atendem a população sozinhos: quantos novos servidores foram contratados para o atendimento?

 

 

 

 





INSS CARREIRA TÍPICA, OU NÃO?

16 11 2009

Extraído do site do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (www.fonacate.org.br)

O que são Carreiras Típicas de Estado?

As Carreiras Típicas de Estado são aquelas que não têm correspondência no setor privado, sendo exclusivas do Estado  Brasileiro como forma de manifestação e representação do poder público. Segundo o professor José Matias Pereira, da Universidade de Brasília, são as carreiras responsáveis pelas atividades que requerem maior capacitação e concentração nas áreas relativas à Administração Pública, como gestão, auditoria e jurídica.
Quais são as Carreiras Típicas de Estado?

De acordo com a Constituição Federal de 1988, as carreiras consideradas típicas de Estado são as relacionadas às atividades de Fiscalização, Arrecadação Tributária, Previdenciária e do Trabalho, Finanças e Controle, Segurança Pública, Diplomacia, Defesa Administrativo-Judicial do Estado, Defensoria Pública, Magistratura e o Ministério Público.