30 11 2009

Charge de "O Globo"





30 11 2009

Charge de "Prosa e Política"





26 11 2009





25 11 2009





MPS A SERVIÇO DA ELEIÇÃO DE PIMENTEL

23 11 2009

Adivinhem onde foi inaugurada a primeira Agência do PEX (Plano de Expansão da Rede de Atendimento)? Acertou quem disse Ceará, o curral do Coronel Pimentel. A direita tradicional ensinou o PT como utilizar a máquina pública em proveito próprio.

Não somos contrários à ampliação da rede de atendimento do INSS, mas as novas unidades, por mais modernas que sejam não atendem a população sozinhos: quantos novos servidores foram contratados para o atendimento?

 

 

 

 





INSS CARREIRA TÍPICA, OU NÃO?

16 11 2009

Extraído do site do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (www.fonacate.org.br)

O que são Carreiras Típicas de Estado?

As Carreiras Típicas de Estado são aquelas que não têm correspondência no setor privado, sendo exclusivas do Estado  Brasileiro como forma de manifestação e representação do poder público. Segundo o professor José Matias Pereira, da Universidade de Brasília, são as carreiras responsáveis pelas atividades que requerem maior capacitação e concentração nas áreas relativas à Administração Pública, como gestão, auditoria e jurídica.
Quais são as Carreiras Típicas de Estado?

De acordo com a Constituição Federal de 1988, as carreiras consideradas típicas de Estado são as relacionadas às atividades de Fiscalização, Arrecadação Tributária, Previdenciária e do Trabalho, Finanças e Controle, Segurança Pública, Diplomacia, Defesa Administrativo-Judicial do Estado, Defensoria Pública, Magistratura e o Ministério Público.





Previdência censura acesso ao site do Sinsprev

12 11 2009

Foi verificado por diversos servidores públicos previdenciários que o acesso ao site de nosso sindicato está sendo dificultado em diversas agências. Tal fato é um incontestável ato de censura, pois não há nem sequer a discrição de se bloquear a visita às paginas eletrônicas de outras entidades sindicais, como a CUT e a CNTSS. “O INSS está implantando o SAA, sistema que exigirá de todos os servidores que acessem a internet a utilização de um login e uma senha, que registra o tempo de acesso, as páginas acessadas e o ip do micro. Censura e controle total!”, conta o previdenciário Cristiano Machado”.

O fato de sites de centrais sindicais dóceis ao governo não estarem proibidos escancara as posturas aviltantes que o governo têm tomado contra os servidores e suas possibilidades de organização, ferindo dispositivos constitucionais básicos de nossa ainda incipiente democracia, além de buscar controle cada vez mais ostensivo sobre as atitudes dos trabalhadores.

“Além do mais, a CUT e CNTSS estão acessando normalmente”, informou Cristiano. Essa nova arbitrariedade das chefias, com a evidente aprovação superior, serve de alerta à categoria, que somente através da crescente mobilização pode derrubar atitudes arrogantes e obrigar o governo a respeitar a liberdade de pensamento e organização dos servidores e dos trabalhadores em geral.

FONTE: SINSPREV